segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Como é morar em Coimbra?

Nós adoramos morar em Coimbra. A cidade é limpa, organizada, muitíssimo bem cuidada, bonita, verde, com um bom astral e é movimentada, sem ser grande ou lotada.

Há dois marcos na cidade que são difíceis de não ver: 1) a parte alta da cidade (também a mais antiga) e 2) o rio Mondego.

A parte alta, histórica, equivalente ao núcleo original de Coimbra, antigamente rodeada pelas muralhas da cidade, das quais ainda há alguns trechos visíveis, é muito gostosa de aproveitar. Suas ruas estreitas, típicas de cidades medievais, com um traçado irregular, cantos inacreditáveis para quem vai dirigindo (há uns lugares onde é difícil crer que passe um carro!), a Universidade, o Aqueduto, suas inúmeras igrejas e monumentos. É um lugar MUITO bonito de visitar. Quem não conhece, venha conhecer, pois é um passeio de um ou dois dias que vale a pena. Tem um bocado de história aqui para ser explorada (até, porque, para quem não sabe, Coimbra foi capital de Portugal por algumas décadas).

O rio Mondego é um colírio para os olhos. Nós temos o privilégio de morar aqui bem pertinho. O rio é limpo, vivo, repleto de aves, sempre com remadores a percorrê-lo para cima e para baixo, com parques nas duas margens, ótimo para pescar, relaxar ou simplesmente pousar os olhos. Amo esse rio! Gostaria muito de saber velejar para poder aproveitá-lo um pouco mais... mas das margens já dá pra tirar um pouco do gostinho.

Mas há muito mais em Coimbra do que simplesmente estes dois lugares.

Além de muita História, Coimbra oferece ótimas opções de lazer DIÁRIO e com bom tempo. Essa observação é importante, pois chovendo fica complicado de ter o que fazer por aqui, exceto os shoppings, e isso não é muito nossa praia. Aliás, tanto eu quanto a Docinho detestamos shoppings em geral, portanto aquele passeio típico do dia de chuva de ir ao shopping para nós é um tormento!
De todas as formas, há shoppings e cinemas na cidade, o que pode aliviar a barra. Infelizmente, para o meu gosto, eles amam demais filmes de terror, então, em qualquer época do ano haverá sempre no mínimo metade dos cinemas com filmes de terror passando - e aí, limita, pois não curto. Há também sempre alguns filmes "cabeça" no ar, em especial franceses. Mas há cerca de 12 cinemas na cidade, portanto, algum há de agradá-lo.

Em dias bons, além do Parque Verde às margens do rio Mondego, há também a mata nacional do Choupal - também às margens do Mondego, mas um pouco mais afastado do centro urbano - e vários outros parques menores na cidade. Todo mundo aqui anda de bicicleta ou faz corrida, portanto, se é atleta ou gosta de esportes, a cidade vai te agradar. 
Tem, óbvio, o remo. Como todas as cidades universitárias antigas na Europa e nos EUA, remo é um esporte muito comum nestas plagas. E há escolas de remo e etc etc etc.

A Acadêmica, clube de futebol de Coimbra, tem um clube mesmo também ali próximo da ponte velha, onde  fazem treinos de rugby, há tênis, há lutas marciais, uma pista para corrida de carrinhos de controle remoto - bem legal de assistir no verão. Não é caro de entrar de sócio.

Tem o Estádio de Futebol de Coimbra, na Solum, onde a Acadêmica costuma mandar seus jogos. Neste sábado, por exemplo, empatou em casa com o Benfica. Sobre isso, aliás, tenho que fazer um outro post, pois se os brasileiros se acham fanáticos com futebol, os caras aqui são totalmente perturbados! Chega às raias da doença mesmo! Mas outra hora falo disso. No estádio, além de futebol, há um shopping, como já mencionei, shows (Madonna vem cantar aqui agora em junho) e outros eventos. O estádio lembra um pouco o Engenhão, no Rio, embora um pouco menor.

Há várias dezenas de galerias de arte em Coimbra. Não são muito minha praia, mas para quem gosta é prato cheio.
Teatros há alguns, vários com peças dos estudantes, mas também produções nacionais. 
Cinema, como disse, nos shoppings há uns tantos. A programação não muda tão a miúdo como no Brasil, e tirando o festival constante de filmes de terror, dá pro gasto. São boas salas, sempre bem vazias, sendo que o bilhete não é tão caro: normalmente em torno de 5 euros. Mas de vez em quando tem algumas promoções legais. Nós temos TV a cabo da mesma operadora das salas de cinema, então pagamos 2 entradas pelo preço de uma! 
Ópera há de vez em quando. Argh! Mas há quem goste!
Há constantemente eventos culturais pela cidade, com música clássica, música francesa, dança disso ou daquilo. Para quem tem disponibilidade de sair à noite sem problemas, há muito o que fazer. Nós, em função da nossa Princesinha, infelizmente não temos muito como ir - ah, babá aqui é caro, viu? Em geral cobram 8 a 10 euros por hora, portanto, uma saídinha noturna pode ficar caro.

Aqui não há trânsito, exceto em alguns poucos lugares e mesmo assim em certos horários. Na rua do Brasil, onde há o acesso mais usado por nós para ir para a parte alta da cidade há um colégio gigante e com isso, como no Brasil, há trânsito nos horários de entrada e saída do colégio. Fora isso somente na av. Fernão Magalhães há um certo trânsito mais constante. De resto, como quase não há sinais de trânsito na cidade, andar de carro é bem agradável. O problema é a velocidade excessiva dos caras, em especial dos táxis. Mas leva-se numa boa após algum tempo. Tirando a faculdade, onde estacionar é sempre um parto, no restante da cidade é moleza, em especial por haver estacionamentos pagos em qualquer canto. Mas, como já disse, tenha sempre moedas nos bolsos, pois vários deles não aceitam trocar notas.

Como a cidade é pequena, não demoramos mais do que uns 5 a 10 minutos para ir a lugar algum. 
As ruas são amplas e com asfalto perfeito, jamais com algum buraco. Bom de andar de bicicleta - não há ciclovias aqui, o que é uma falha absurda na cidade. 

A vida portuguesa se faz nos cafés. TUDO é desculpa para tomar um cafezinho. CafeZINHO mesmo, pois uma "bica" é 1/3 do nosso cafezinho no Brasil. E forte pacas! Em geral com pouco açúcar, ou seja, amargo. Mas a vida gira em torno dos cafés... tudo acaba num café. Portanto, acostume-se.

Livrarias há as pencas. Não só livrarias no sentito estrito, mas também em qualquer lugar vendem livros, inclusive nos supermercados, onde as sessões de livros são maiores do que muitas livrarias no Brasil.

Esqueça compras pela internet... isso merece um post, mas tudo relacionado à internet deles é bizarro, exceto a infraestrutura, onde temos acesso a 65, 100, 200 ou 300mB com facilidade. Mas o comércio eletrônico é tão escroto que prefiro comprar em Londres e mandar entregar do que comprar aqui. O mesmo vale para conseguir informações sobre qualquer coisa. Meu conselho: use o telefone. Vai se aborrecer menos.

De Coimbra para as demais cidades grandes de Portugal há transporte fácil, fácil. O Porto fica a menos de 1 hora e meia de carro daqui. Lisboa, duas horas. Isso sem correr, pois nos padrões locais, chega-se lá em 1 hora e 1h e 15min, respectivamente - mas eles vão a 150 ou até 180 ou 200 nas estradas. O limite é 120km/h. Tem trem também para os principais centros e ônibus para todo lado. Não há aeroporto digno do nome por aqui, então, sempre vai precisar de Lisboa ou do Porto.
As estações de trem ficam bem localizadas e a rodoviária também, então não é preciso stress, embora para a Coimbra B - estação de trem onde param os trens mais sofisticados - talvez precise de um táxi se estiver com malas ou for de noite.

Em termos de segurança, até hoje não tivemos qualquer problema. Há alguma violência sim, mas coisa que para nós, brasileiros, é fichinha. Em geral ocorre de noite em lugares mais ermos. E costuma estar relacionada com o tráfico de drogas. Temos medo de como ficarão as coisas agora com esse desemprego mais grave e com a retirada das ajudas sociais (aqui também tem bolsa tudo) por conta da crise econômica. Deve disparar a violência. Mas por enquanto, ainda não vimos isso.
Apenas como exemplo, nunca vi um apartamento térreo aqui que tenha grades. E são prédios bonitos e de luxo. Vamos ver até quando dura a tranquilidade...

Isso aí.

Abs

Visão do rio Mondego

Ponte Rainha Santa Isabel vista do pátio da Faculdade

Parque Verde num sábado de manhã

Parque Verde num sábado de manhã

adoro esses patos!

As crianças adoram esse urso!

Neste parque há restaurantes, museus e fontes

Outra vista da cidade

vista da cidade

visão do bairro Santa Clara (partes alta e baixa)

ao fundo vê-se o Vale das Flores e a Solum

Sé Velha (1170) de Coimbra

neste largo os estudantes fazem serenatas com bastante frequência




não canso de ver essa paisagem

Santa Clara visto da cidade alta

essa rua segue ao lado das antigas muralhas de Coimbra - do lado esquerdo

ponte de pedestres que liga o Santa Clara ao centro da cidade (e meus amigos patinhos!)

vista tradicional de Coimbra (cidade alta)

Lá no alto do Santa Clara vendo o centro

vista de prédios históricos



Na margem direita do Parque Verde há bares e restaurantes com música ao vivo

aproveita-se a vida por aqui!

visão da cidade alta da ponte velha

a margem direita do Mondego (atracado ali está o "Basófias", barco de turismo pelo rio)

margem esquerda do Mondego

bem... esse é o rio

prefeitura da cidade (fica na Baixa)

fonte em frente à Igreja onde há alguns reis portugueses enterrados

esqueci o nome da Igreja... mas é de 1100 e tantos!

acredite ou não, ali passa um carro!


Sé Nova (1500 e tanto) e prédios da Universidade

parque junto à praça da República

Praça da República (point jovem)



Museu das Águas de Coimbra








Árvore de Natal no Parque Verde



Pátio da Faculdade de Direito

Pátio da Faculdade de Direito

Pátio onde estão as faculdades de Medicina, Letras, Física e a  Biblioteca

Pátio onde estão as faculdades de Medicina, Letras, Física e a  Biblioteca 
Coração

24 comentários:

  1. Amei a Cidade.... Gostaria de saber o custo de vida local.... Quanto se precisa para um casal viver lá????? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi cara anônima,
      Como deve ter visto nos posts mais modernos aqui no blog, varia muito quanto um casal precisa para morar, principalmente dependendo do padrão de vida que querem levar. Uma família de classe média e sem grandes luxos se vira muito bem com 1.000 a 1.500 euros. Vive-se com menos? Claro que sim. Mas começa o sacrifício de qualidade, mas diria que com uns 750 euros já dá pra viver mais ou menos bem.
      Anima?
      Abs
      Coração

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?
    Adorei seu post!!!
    EStou super pensando em ir trabalhar e estudar lá, mas tenho um certo receio devido a crise economica local. Oq vc me diz a respeito? Dá para um brasileiro se dar bem? Arranjar um emprego bom. E qual cidade vc indicaria para o brasileiro que tem como meta inicial trabalhar para juntar uma graninha?

    Se puder me passar um contato por email para conversarmos eu agradeceria.

    Bjoooooosss :)

    gabriellasb_@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi,

      Acho que a chave da sua pergunta está na frase: "arranjar um emprego bom". Acho isso MUITO difícil. Trabalho, como já disse várias vezes, há, mas bons empregos, não. Exceto para quem trabalha com informática ou programação, para estes há ofertas constantes. Para os demais mortais, há empregos, mas não serão "bons", ao menos não serão legais. Mas para garçom, atendente, entregador, vendedor de telefone, seguros e etc, na colheita e etc, para estes há vagas. No geral não serão trabalhos ganhando acima de 500 ou 600 euros. Mas sempre pode-se trabalhar em mais de um emprego...

      Agora, juntar uma graninha... não é o melhor dos momentos para isso. Se sua intenção é esta, sugiro Reino Unido, Suíça, Austrália ou EUA... aqui a maré não está parar peixe. Vive-se bem e tudo o mais, mas não está mole para quem está desempregado ou procurando "bons" empregos.

      Abs

      Coração

      Excluir
  3. Adoruuu os seus posts...

    Gostaria que vc mim ajudasse, se for possível. Eu quero muito ir estudar na Universidade de Coimbra, mais não sei como devo fazer para ingressar na Universidade. Se vc puder me ajudar vou agradecer.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado.

    Veja bem, caro anônimo, ingressar na universidade pode ser complicado se não for por via de uma universidade no Brasil. Para entrar no processo normal aqui, terá que revalidar seu diploma de segundo grau brasileiro, o que será complexo, pois envolve uma burocracia IMENSA. E acredite, eles são BONS em burocracia!

    Por outro lado, há uma porção de pessoas que entraram em universidades BRASILEIRAS que têm cursos "sanduíche" com a UC, assim sendo, a pessoa faz parte dos períodos aí, parte aqui e no final sai com diploma válido NOS DOIS PAÍSES, o que é o melhor dos mundos. Agora, QUAIS universidades têm este tipo de convênio, aí, sinceramente não sei te dizer.

    Um leitor aqui do blog, o Sr Flores, colocou um link (em um post recente, acho que em julho mesmo) da UC falando sobre estudantes brasileiros. Talvez lá consiga encontrar informações que possam te ajudar no seu intento.

    Espero ter ajudado e continue nos acompanhando.
    Não somos novela, mas somos legais! kkkkk

    Abs

    Coração

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, gostei muito de seu blog, e para mim está sendo muito util. Desculpe se estou saindo do tema do blog, mas como pretendo me mudar para Portugal, talvez vc possa me ajudar, gostaria de saber sobre o clima de Coimbra, venta muito, chove muito, etc. Outra coisa, pretendo montar um pequeno comercio para complementar minha renda, poderia me dizer em que bairro se concentram a maioria doa edificios de escritoris, conjuntos comercias etc. Se preferir responder por email: portuga777@yahoo.com.br. Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  6. Oi Anônimo (Portuga777 foi um bom nick para o email!)

    Vou fazer o seguinte, vou colocar um post sobre o clima, ok? Assim podemos dar a mesma informação para muitas mais pessoas que possam estar interessadas. E não há porque desculpar-se por ser off topic. Neste blog não há nada que não possa ser abordado, afinal, é sobre nossa vida fora do país! :)

    Abs

    Coração

    ResponderExcluir
  7. Olá!!

    Sei que esse post é meio antiguinho, então... fiquei preocupada com a seguinte parte do seu post "Temos medo de como ficarão as coisas agora com esse desemprego mais grave e com a retirada das ajudas sociais (aqui também tem bolsa tudo) por conta da crise econômica. Deve disparar a violência." Assim, como anda a segurança por ai?? E os preços... continua tranquilo pra se viver?? Sei que a maioria das pessoas com quem conversei adoram morar em Portugal ou adoraram e voltariam, mas nunca é demais saber como as coisas estão no exato presente!

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi

      Pode ficar tranquila... o post foi colocado ANTES de vermos que não houve praticamente crise alguma no país (pode ter havido algum desemprego, mas no geral, tudo praticamente na mesma, exceto a reclamação deles que não pára!!! kkkkk).
      Seguimos adorando morar em Coimbra, a cidade é muito segura - mas, como qualquer lugar do mundo, sempre há alguns lugares que se deve evitar durante as madrugadas - e, sim, vale a pena vir morar aqui.
      Não acho que valha a pena vir ESTUDAR aqui em Coimbra, mas morar, sem dúvidas! :)

      Abs

      Coração

      Excluir
  8. Prezada, eu minha família (esposa e 2 filhos de 5 e 10) estamos indo passar este ano ai.

    Alguma dica ou conselho especial para os pequenos?

    ResponderExcluir
  9. Oi Ricardo,

    No geral, não, exceto que seus filhos, em especial o menor, vão apreciar muito morar por aqui. Provavelmente vão experimentar uma liberdade que usualmente não se tem no Brasil.
    Uma dica é somente para dar-lhes um toque sobre barulho. Aqui as coisas são MUITO silenciosas. Em restaurantes, bares, em público e tudo o mais é incomum ver alguma criança fazendo o tipo de arruaça que é muito comum no Brasil - não conheço seus filhos e não sei se são barulhentos... veja bem, estou falando em termos genéricos. Isso é muito mal visto e as pessoas não se limitam a olhar de cara feia. Reclamam mesmo! Algo muito desagradável quando acontece.

    Em casa, aliás, isso também é regra, portanto, o hábito de ver TV em volumes elevados, joguinhos e etc. No geral passam-se meses sem que se ouça qualquer barulho nos apartamentos dos vizinhos! Se julgasse pelo barulho, acharia que era o único ser humano neste bloco de edifícios onde moro.

    Como nós, brasileiros, tendemos a ser um tanto mais barulhentos no geral, e as crianças em particular, fica esta dica.

    Agora, tenho certeza de que seus filhos vão adorar viver em Coimbra... a cidade é muito boa para crianças em geral.
    Abs e boa mudança.

    Coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chegamos, vamos ser vizinhos! Alugamos ap em santa clara.

      Excluir
    2. Caro Anônimo,

      Pombas, mande uma mensagem via nosso email ou passe o seu email para podermos entrar em contato! Sempre bom ter novos vizinhos!!

      A chegada foi tranquila?

      Espero que nossas dicas tenham ajudado.
      Abs e bem vindos!

      Coração

      Excluir
    3. é o Ricardo. ricardospereira@hotmail.com

      suas dicas foram ótimas, ainda estou na fase de arrumação mas vou fazer um open house a todos os amigos de internet que nos ajudaram

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Queridos, boa tarde ! nossa intenção é nos mudarmos para Coimbra no próximo ano pois nossa filha, que obteve notas excepcionais no Enem, pretende cursar medicina aí. Estamos procurando uma imobiliária para podermos analisar as opções de moradia. Gostaríamos de algo perto de mar ou rio. Vocês teriam alguma indicação ? além da nossa filha pré universitária temos outra que estará com 15 anos então estaremos verificando colégio para ela também. Muito obrigada pela sua atenção e retorno,

    ResponderExcluir
  12. Olá, Marília.

    Bom, quanto a sua filha vir cursar na Universidade de Coimbra (UC), aconselhamos que você verifique melhor no site da UC quanto a disponibilidade deste curso aos alunos estrangeiros (categoria em que os brasileiros estão incluídos e são selecionados via ENEM), uma vez que nem todos os cursos lecionados na UC estão abertos aos estrangeiros e Medicina é um deles.

    Confirme na página da universidade esta informação: http://www.uc.pt/brasil/graduacao/enem

    Bom, Coimbra é uma cidade maravilhosa de viver, a qualidade de vida é ótima e o Rio Mondego que atravessa a cidade é super limpo e dá o toque especial na beleza da cidade. Como a cidade é relativamente pequena, morar perto deste rio não será um grande problema, pois ele está bem no centro da cidade e em local de fácil acesso.

    O mais importante é você encontrar um apartamento/casa que atenda aos seus padrões de exigências e que caiba no seu orçamento. O custo de vida aqui não é alto, assim como já deve ter visto nos posts aqui do blog, principalmente se sua filha for morar em republica ou dividir apartamento com outras estudantes.

    As imobiliárias mais conhecidas na cidade são:

    Era (http://www.era.pt/)
    Prabitar (http://www.prabitar.pt/)
    Remax (http://www.remax.pt/)
    Mas você também pode encontrar muitos imóveis disponíveis nos sites:

    Custo Justo (http://www.custojusto.pt/coimbra/apartamentos)
    OLX (http://coimbra.olx.pt/apartamento-casa-a-venda-cat-367)

    Existem também alguns estúdios (quitinetes) bem centrais e que atendem muito bem os estudantes estrangeiros, inclusive tem junto ao Shopping Dolce Vita onde fica o Estádio da cidade de Coimbra que é bem localizado, bem atendido de transporte público e próximo de muitas escolas (inclusive públicas).

    Abraços e se precisar de mais informações é só chamar, ok?

    Docinho e Coração

    ResponderExcluir
  13. Oie gente!

    Estou fazendo processo de seleção para cursar na UC doutorado em Literatura Portuguesa, e fazendo umas pesquisas sobre a vida aí, achei o blog de vcs.

    Pelo visto não vou morrer de fome com os 1.300 euros da bolsa brasileira, pelo menos até eu arrumar um emprego por aí. Só devo ir no fim do ano, mas já estou pesquisando né... E confesso que estou super agradecida por terem partilhado um pouco da vida de vcs (pelas fotos e descrições fiquei ainda mais animada com minha ida!!!)

    Vou olhar os links sobre aluguel q vcs mandaram p Marília.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  14. Olá Amanda,

    Arrumar um emprego aqui não será tão fácil quanto poderia parecer. O mercado de trabalho ainda está muito ruim, sobrando basicamente empregos "operacionais" - garçom, limpeza e etc - e mesmo assim não está aqueeeeela beleza, portanto, não conte necessariamente com isso, ok? Por outro lado, se vier sozinha, os 1300 euros da bolsa são bastante suficientes, se for uma pessoa controlada.

    Não precisa agradecer, criatura! Gostamos de ajudar.

    Abs

    Coração

    ResponderExcluir
  15. Minha ideia é dar aulas na própria UC - já que tenho uns contatos por lá. Vamos ver...
    Acompanhando sempre aqui.

    Beijos p família!

    ResponderExcluir
  16. Oiii,

    Amei o seu post!
    Eu sou Portuguesa mas vivo na Holanda (ha 25 anos, e vivi 3 anos no Brasil)
    Estou seriamente a pensar em voltar para Portugal com o meu marido e filho de 2,5 anos.
    Só tem algo que me impede um pouco, meu marido é Holandes e nao fala Portugues, hahahahaha
    Na verdade sou de Lisboa mas gostaria de viver em Coimbra.
    Minha familia inteira vive espalhada por Portugal e acho que está na hora de eu voltar.
    Pretendo abrir um negócio em Portugal.

    Quais os melhors bairros?
    Solum é bom?

    Abs,

    ResponderExcluir
  17. Achei super interessante... Mas gostaria de saber qual a possibilidade de morar e trabalhar em Coimbra??? Penso em fazer faculdade aqui no Brasil de Direito e em seguida ir para Portugal!!

    ResponderExcluir
  18. Parabens pelo post, a cidade é linda, viveria nessa cidade com facilidade.

    ResponderExcluir