segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Crise portuguesa

Oi

Imagino que alguns já achem chato eu falar nisso de vez em quando, mas não resisto: QUE CRISE!?!

Acabo de voltar do mercado... (Docinho viajou e tenho que me abastecer de pizzas e lasanhas congeladas para sobreviver até a sua volta! kkkkkkkk). Vejamos:

1) não havia um único lugar para estacionar! Tinha até fila dupla (algo que nunca tinha visto em Portugal);

2) não havia carrinhos de compras disponíveis, e nem cestinhas! As pessoas estavam se estapeando na fila para pegar algum dos dois que um pagante liberasse.

3) tentei comprar várias coisas e simplesmente não havia. Acabaram!

4) a fila do bacalhau estava gigantesca!!! E, embora não seja caro como no Brasil, também não é de graça.

5) os caixas estavam lotados. E havia caixas extras em relação ao dia a dia

6) em alguns lugares do mercado foi difícil passar de tanta gente amontoada! Acredite, no Continente isso NUNCA havia nos acontecido.

7) na minha frente para comprar queijo e presunto (afinal, lasanha e pizza exigem!) havia umas 10 pessoas!!! Nunca tinha passado por isso...

8) Tentei comprar um chocolate mais chique para surpreender a Docinho na volta, mas, embora fosse 8 euros a caixinha, tinha acabado. Tudo!

Enfim, tudo lotado, carrinhos de todos lotados, pessoas se estapeando para comprar e produtos acabando. Promoção? Não! Crise! kkkkkkkkkkk

Ah, mas era no mercado... NÃO, as lojas do shopping (onde fica o mercado) estavam também cheias, pessoas com sacolas nas mãos, praça de alimentação cheia.

E o povo chorando uma miséria danada.
Fala sério!

Abs

Coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário