quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Emprego

Bem, como muita gente pergunta sobre emprego, melhor fazer um post.

Informações pertinentes:

1) Portugal nunca teve um desemprego tão elevado em toda sua história recente: 16,3% .

2) Portugal tem hoje a 3ª maior taxa de desemprego da UE, só perdendo para Espanha e Grécia.

3) Coimbra é uma vila com complexo de cidade, mas no fundo é mais vila do que cidade.

Sabendo destas 3 informações já dá para ver que não é muito fácil trabalhar aqui. Falta trabalho? Não. Mas falta emprego. Trabalho informal, mãos na massa, atendimento de lojas, garçom etc, isso há. Pagam em torno de 500 euros. Quem quer vir para Portugal para trabalhar certamente vai estar melhor servido no Porto, em Lisboa ou em Aveiro ou Braga. São locais com maior concentração de indústrias, pessoas ou serviços. Aqui na cidade há muitos funcionários públicos (a Universidade é gigante, além disso é centro de referência nacional em termos de saúde com hospitais monstruosos e muitos, muitos funcionários públicos), estudantes, idosos e alguns até têm que trabalhar para servir a esta galera!

Desesperador? Não! Tenho amigos que arrumam trabalhos a qualquer hora em que procurem! Sempre aquelas coisas.. quebrar um galho num loja, substituir alguém doente ou de férias e etc. Mas estão sempre trabalhando e ganhando suas vidas. Conheço também torneiros mecânicos, ex-PMs, motoristas de caminhão e outros profissionais que aqui vivem de garçom em churrascaria ou outros serviços deste tipo. Ganham uns 1.000 euros, mas trabalham MUITO para isso e de vez em quando levam uns tombos.

Coimbra não é o melhor destino para trabalhar, mas é um GRANDE destino para se viver ou estudar. E toda crise passa... a deles também vai passar e dentro de uns 2 ou 3 anos o mercado de trabalho aqui deverá estar bombando.

Abs

Coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário