sábado, 1 de dezembro de 2012

Quer estudar em Portugal?

Bem, pessoal, após um longo tempo, aqui vai um novo post.

Se quer estudar em Portugal, em Coimbra em particular, é hora de iniciar os preparativos. Como as inscrições para pós-graduações e mestrados (e doutoramentos também, afinal, por que não ser ganancioso?!) iniciam em abril/maio, AGORA é a hora de dar início na papelada para não terem que passar pelo corre-corre e desespero que eu e o Docinho passamos quando viemos. 

O procedimento é o que já narramos:

1) pegar seu diploma da faculdade, histórico das matérias da faculdade, títulos que queira apresentar em geral e seus respectivos históricos e descobrir onde o cidadão que os assinou tem firma em cartório (se é que o seu já não saiu com firma reconhecida... parece que os mais novos já saem assim, mas os meus, velhinhos, não vieram deste jeito). Em geral as secretarias das próprias faculdades já sabem disso direitinho. Vai no tal cartório, morre numa grana, reconhe a firma do sujeito (se possível de todos que assinaram o documento, pois tem vezes em que 3 ou 4 marmanjos assinaram um simples diploma!);

2) se morar numa cidade onde haja uma repartição do Ministério das Relações Exteriores, vá lá com a papelada e, gratuitamente, eles vão dar um visto dizendo que está tudo ok. Se não houver na sua cidade,  vai ter que mandar pelo correio (uia!) para Brasília. No site do Ministério tem tudo explicadinho. Eles mandam de volta pelo correio;

3) com o tal visto do MRE nos papéis, aí sim poderá ir no Consulado português mais próximo de casa para morrer em uma fortuna - 5 euros por documento - que eles vão dar um visto e somente este visto faz o papel válido em Portugal.

Quando abrirem as inscrições eles vão pedir estes papéis... até aceitam sem estes vistos e tudo o mais (ao menos em algumas faculdades), mas vão te cobrar quando chegarem aqui. Como os resultados saem meio em cima da hora, melhor já estar prevenidos.
Ah, se tiverem cartas de recomendação e etc, o procedimento é o mesmo.

Agora, MÃOS A OBRA!!!

Abs

Coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário