terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Burocracia

Como já mencionei algumas vezes, quem reclama da burocracia no Brasil não conhece o que seja burocracia... isto é, até vir morar em Portugal!

Aqui tudo tem um impresso, um formulariozinho, um papel que tem que ser carimbado, assinado e re-carimbado por algum mané em algum lugar.

Vejam o exemplo.

Tenho que fazer um processo administrativo na Univ. do Porto. Tenho que levar infinitos documentos, claro, todos com reconhecimento de firma no Brasil e mais o selo, a assinatura e o bla-bla-blá de sempre do consulado no Brasil. Até aí morreu Neves. Mas tenho também que preencher um formulário. Não é qualquer um, é o modelo de número 526 da Casa da Moeda (de Portugal, claro!). Fácil, né? Não. Não há na universidade, no balcão onde tem que ir. Você tem que ir na Casa da Moeda, em Lisboa, para comprar ou fazê-lo via internet. Custo: 0,49 centavos de euro (cêntimos, para irem se familiarizando). Só pode ser pago via cartão de crédito ou de débito. Aí, preenche-se o papel online, faz o débito do cartão e eles te enviam o formulário (que é um papel qualquer, sem timbre, sem nada) via email para você imprimir em casa e levar na universidade.

Brincadeira.

E TUDO é assim. Acho que depois do Euro eles não tinham o que fazer com a Casa da Moeda e botaram os caras para ficar inventado formulários para os otários preencherem.. Só pode ser!

Enfim, o que não falta em Portugal é vinho, bacalhau e formulários da Casa da Moeda para preencher!

Abs

Coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário