domingo, 10 de março de 2013

Chuvas e suas consequências

Caramba, as chuvas neste mês estão de arrasar! Tem não só chovido muito, mas também chuvas numa intensidade que antes não tinha visto. Além disso, trovoadas e relâmpagos em grande quantidade, o que e bem raro por aqui.

Mas o objetivo deste post não é falar das chuvas propriamente dita, mas das consequências das chuvas. Ou melhor, do que NÃO acontece após as chuvas aqui.

Anteontem, após um temporal de algumas horas e com uma enxurrada de água descendo do morro de Santa Clara, nos demos conta de algo que antes não tínhamos percebido. NÃO HAVIA NEM UM SACO PLÁSTICO, GARRAFA, LIXO OU QUALQUER OUTRA COISA NA RUA! Ou seja, choveu uma barbaridade, desceu o mundo de águas do morro e não havia lixo algum! Ou seja, a água acumulou  por alguns minutos enquanto era muito acima da capacidade de escoamento dos bueiros. Mas poucos segundo após diminuir a chuva estava tudo praticamente dentro da normalidade, porque os bueiros estavam completamente desimpedidos. Sem lixo, sem inundação. Simples assim.

Enquanto isso, no Rio de Janeiro...

E quanto à luz?
Bem, com tudo que choveu e com os raios que pipocaram à nossa volta imaginei que faltaria luz pela segunda vez em quase 3 anos. Acertei. Faltou mesmo. Por uns 5 minutos. E sem aquele vai e volta da luz que queima todos os eletrodomésticos. Apenas como comparação, no Brasil eu cheguei a comprar um no-break de tanto que a luz faltava em caso de tempestades...

Tantas diferenças...

Abs

Coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário