quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Esqueci de dizer

Esqueci de mencionar que os preços no post anterior são do Continente Online, ou seja, um pouquinho mais caros do que comprando diretamente na loja. Mas a qualidade dos produtos é SUPER-boa, então compramos de olhos fechados.

Se quiserem dar uma olhadinha no site e simular uma compra, vejam em continente.pt

Abs

Coração

3 comentários:

  1. Realmente cada vez que leio seus posts, fico mais e mais intrigado com o que vivemos aqui no Brasil, sinceramente não consigo entender o porque as coisas aqui são tão ruins pra não dizer que são uma merda e pagamos tão caro por isso. Ai vem este nosso governo demagogo do caramba, dizer qu vai trazer médicos de Portugal pra trabalhar no Brasil no mais novo de tantos "programas" o "mais médicos", o negócio é o seguinte estão achando que trata-se da repetição da história que no passado aconteceu, onde portugueses sem estudo emigraram para o Brasil pra não morrer de fome e em busca de uma vida melhor, mas atualmente, acredito eu, que pessoas formadas não vão querer vir de Portugal para morar em cidades de interior aqui no Brasil que em sua maioria(das que estão na mira do programa) não o mínimo de infra-estrutura para receber estes estrangeiros, pois se eles estão ai chorando com esta "crise" se vierem pra cá no segundo mês já estão querendo voltar, se em Portugal estivesse se vivendo como se vive aqui, haveria um suicídio coletivo....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Flores, se vivessem a "falta" de crise do Brasil haveria um suicídio coletivo aqui! kkkkkk

      O presidente da Ordem dos Médicos - o equivalente do Conselho Federal de Medicina no Brasil - deu uma entrevista recentemente em que desaconselha totalmente qualquer médico a ir trabalhar no Brasil no tal programa do Governo Federal. E chegou a dizer que ninguém em sã consciência iria para trabalhar num lugar onde as condições são as de Portugal há 100 anos! Portanto, as chances de receberem médicos portugueses no tal programa são remotas... no fundo, no fundo, a idéia do governo é mesmo conseguir "nacionalizar" os tais 6.000 cubanos, isto é, os brasileiros que foram estudar em Cuba com bolsas de uma série de movimentos de esquerda e que não passam nas provas do REVALIDA e com isso não conseguem voltar para o Brasil. No fundo será isso que irá acontecer.

      Nem no interior de Portugal os médicos aqui querem ir, imagina para o interior do Brasil?! Agora mesmo na RTP passou reportagem dizendo que em Évora (uma boa cidade, diga-se de passagem) não estão conseguindo arrumar neurologistas e que há mais de um ano estão tendo que transferir pacientes para outras cidades por conta disso.

      Abs

      Coração

      Excluir
  2. ontem a noite vi uma materia na tv sobre a vinda de médicos portugueses. os entrevistados eram praticamente todos aposentados em busca de um salário bom aqui. um deles disse q trabalhou anos na áfrica e q o brasil seria mais uma experiencia. explicou q jovens ñ querem vir pq aqui nunca fariam carreira. até entendi pq apenas uns 50 portugueses se inscreveram. e pensando bem, 10 mil reais por mes compensa a aventura.

    ResponderExcluir