domingo, 4 de maio de 2014

Viver fora do Brasil

Oi pessoal,

Hoje eu recebi um email da minha cunhada, doravante denominada Cunha (kkkk), e achei interessante falar sobre isso. Vejam bem, meu irmão e minha cunhada vivem no Brasil e estão cansados da insegurança, do trânsito, de viver no meio da roubalheira política, enfim, estão cansados do "jeitinho brasileiro de viver". Assim sendo, estão a algum tempo bolando estratégias para irem viver em outro país, mais propriamente os EUA. Mas querem ir tentando manter o estilo de vida e o padrão que têm por aí. Daí que não rola ir "ilegal" ou algo assim.

E obviamente que os parentes e amigos ficam sabendo disso. Então inicia-se o problema que deu origem ao email de desabafo dela, porque parece que está sofrendo as críticas que muita gente faz com quem sequer pensa em morar fora. É um tal de "nossa, mas você deve ser louco de querer ir para outro país", "o Brasil é o melhor país do mundo", "todos os estrangeiros querem morar no Brasil, como assim você quer ir embora?", "não tem lugar mais bonito do que o Brasil" e assim por diante. 

Gente, vamos abrir um pouco a mente!!!! Viver fora do seu país é uma experiência extremamente enriquecedora para QUALQUER PESSOA, independentemente do país de origem ou do país para onde vá. Acredite! Viver uma outra cultura, não simplesmente passar uns dias ou semanas, experimentar outras línguas (no nosso caso nem tanto kkkkkk), passar certo perrengues ou situações, tudo isso é muito bom, faz com que vejamos o mundo de uma forma muito diferente e ampla. Não há nada a perder e muito a ganhar!! E, se não gostar após um bom tempo, sempre pode fazer as malas e voltar. Simples assim. 

Entretanto, acho que vale a pena desmistificar algumas coisas:

1) o Brasil NÃO é o país mais bonito do mundo. É bonito? Claro que é. Mas não é O mais bonito. Só quem nunca conheceu outros lindos países (digo isso de vários, mas os EUA, a França, a Espanha, o Canadá são exemplos muito bons) poderia achar isso do Brasil. Não basta ter beleza, mas saber expô-la e permitir que as pessoas usufruam dela é fundamental. E isso, meus amigos, infelizmente, o Brasil não faz. Viajar pelo país é um perrengue (basta experimentar ir até o Nordeste de carro para ter uma idéia), a insegurança é terrível, os alojamentos são temerários fora dos grandes centros e etc e tal. Assim sendo, como ter uma boa experiência (fora do padrão aventura, deixo bem claro) se tudo é mambembe ou temerário?

2) os estrangeiros NÃO querem todos morar no Brasil ou gostam de brasileiros. ALGUNS querem, mas a maioria, não. E mesmo os "alguns" ficam um tanto com o pé atrás depois de experimentar o Brasil "pra valer". É fácil se impressionar e achar que é tudo de bom, mas outra coisa diferente é viver, pegar 2 horas de trânsito todo dia (4h se houver chuvas), vivenciar a insegurança, ter medo constantemente, se sentir explorado por todo lado e desrespeitado pelo governo (não apenas este, todos!). Além disso, assim como todo mundo gosta de festas, mas poucas pessoas gostam de fazer festas na sua casa, também os estrangeiros adoram IR para a festa, isto é, nosso país, mas nem de longe a maioria quer a FESTA no seu quintal. E nem os brasileiros, diga-se de passagem! Todo mundo ama o brasileiro médio, né?! Claro, NO BRASIL! Não há, e isso posso dizer, povo mais acolhedor. Mas também há poucos mais barulhentos, menos respeitadores do direito alheio. E tal e qual todo mundo gosta do cara esporrento e que faz festas e que é divertido e conta piadas, poucos querem MORAR com ele no mesmo apartamento. Os estrangeiros também não querem os brasileiros (médios) por perto, salvo as honrosas exceções. Aliás, quem tem experiência internacional sabe, de longe, quando um grupo de turistas vem do Brasil... basta "ouvir" o grupo. Em geral há uma enorme gritaria, uma algazarra constante, crianças correndo em locais inapropriados e etc. Errado? Certo? Depende do gosto de cada um, mas digo, de cadeira, que a maioria dos estrangeiros NÃO gosta disso. 

3) eu AMO o Brasil. Mas não quero mais viver lá. Visitar sim. Morar, nem pensar. E como eu há algumas dezenas de milhões. 

Concorda com tudo o que escrevi? Não. Sem problemas. Direito de cada um. Mas OBRIGAÇÃO de TODOS de aceitar a minha opinião, assim como a da minha Cunha, sem discutir, sem querer convencer do contrário, sem querer impor nada. 

Enfim, o post era sobre isso. :)

Um grande abraço

Coração

2 comentários:

  1. Concordo com vc, infelizmente ainda temos muitos brasileiros que fecham os olhos e acham que todos os estrangeiros admiram o Brasil que dariam tudo pra viver aqui, digo uma coisa é vir aqui ficar passeando curtindo tudo que há de melhor aqui, outra é viver num país onde somos assaltados não só nas ruas, mas também nos impostos que nunca retornam pra nós, só servem pra enriquecer essa corja de políticos que usurpam o nosso suado dinheiro, digo se pudesse saia dessa M... aqui e nunca mais voltava para viver aqui, se possível levaria quem amo para me visitar e esporadicamente iria até este país que é tão belo e maravilhoso, mas que sofre nas mãos desses políticos safados. Veja a entrevista do Ney Mato Grosso a uma emissora portuguesa.

    ResponderExcluir