terça-feira, 17 de junho de 2014

Leão - Espanha

Oi meu povo!

:)

Recentemente nós viajamos pela Espanha mais um pouquinho. Aproveitamos sempre que há oportunidades para fazer nossas pequenas viagens pelo lado mais ocidental da Espanha, isto é, onde conseguimos chegar numa boa de carro sem ter que ficar ouvindo pela milésima vez do Monstrinho: "já está chegando?". kkkkkk Ou seja, não dá para fazer mais do que umas 5 ou 6 horas de carro sem ao menos uma paragem grande. E, claro, dentro dos destinos "alcançáveis" nas nossas limitações está Leão.

A cidade tem um significado histórico imenso, pois foi capital do Reino de Astúrias, depois passou a chamar-se Reino de Leão, abrangendo não só as regiões hoje de Astúrias e parte de Castela-Leão, mas também toda a Galícia, Condado de Portucale incluído. Já depois de ter perdido Portugal e se fundido com Castela, para tristeza de seus moradores, a capital do Reino foi transferida para Burgos e nunca mais voltou.

Entretanto, a cidade segue muito bacana, ainda que relativamente pequena. Cheia de história desde os tempos romanos (foi base de uma das principais forças estacionárias de defesa na Península Ibéria), mantém seu bairro histórico muito bem preservado, ainda com algumas muralhas do tempo romano e outras já medievais (visigóticas e árabes incluídas). A sua Catedral é simplesmente linda em função dos vitrais maravilhosos (nas fotos não ficam nem de perto bem representados). O ambiente na cidade é de alegria, o que faz com que seja ainda mais gostoso passear pelas QUENTÍSSIMAS ruas da cidade. 

Eu, como sempre, prefiro as alegrias culinárias da Espanha sobre as de Portugal - não lembro se já falei sobre isso antes, mas os doces aqui (com exceção dos feitos à base de gema de ovo) não são doces!!!! Lembram vagamente algo adocicado, mas DOCE, doce mesmo, não são... na Espanha, são! - e com isso aproveitamos para alegrar o estômago um pouco. 

A cidade é realmente muito gostosa de conhecer. Tem belos parques, ares modernos fora da região histórica, é muito bem sinalizada e organizada, além de parecer bem segura para o turista. Tem McDonald's e outras cadeias engordativas e salvadoras da pátria do turista durango-kid, além de supermercados enormes e muito baratos - mais do que aqui em Coimbra, diga-se de passagem.

Chegamos lá indo de Zamora (próximo post, não percam!), mas resolvemos voltar por Bragança, por ser uma cidade que ainda não conhecíamos em Portugal... e que arrependimento. NÃO voltem por ali, exceto se já tiverem feito uma auto-estrada... a estradinha maldita que pegamos indo de Leão para lá é o Ó!!! Zilhões de curvas (acho que havia curvas de 720 graus!!!), no meio do nada, sem nem uma casinha no meio do caminho para salvar em uma emergência, sem acostamento, enfim, evite. 

Nosso hotel ficava efetivamente fora da cidade, mas embora simples (e olha que era um 4 estrelas) era bem confortável. Nota zero para o café da manhã. Estacionamento de graça. Piscina (mas estava fechada por estarmos fora de temporada... para tristeza eterna do Monstrinho). Cerca de 5 minutos de carro da cidade e um ponto de ônibus do lado do hotel para os aventureiros do transporte público. Esqueci o nome dele, mas outra hora lembro e edito o post. :)

No geral, um ótimo passeio. Recomendo bastante. Acho que um dia em Leão é o suficiente para conhecer a cidade. Se possível passe a noite, porque o centro histórico é bem animado e vale a pena sair por lá e tomar uma cervejinha.

Fotos?
Claro...

Abs

Coração

Catedral


Picos da Europa - vista do nosso quarto do hotel


parte da muralha medieval






tá perdido?!? 




vitrais na Catedral de Leão

interior da Catedral














Já ouviu falar nisso?!! Queria experimentar, mas estava fechada... pena. 




muralha romana (com algumas adições medievais no topo)




por do sol visto do hotel... :)





Isto é um hotel (Parador de Leão), parte de uma rede de hotéis espanhola pertencente à Casa de Alba... feeeeeeeeeeiiioooo.... (eu quero, eu quero, eu quero, eu quero!!!!)

Scriptorium do museu de São Jerônimo

alguns dizem que esta taça É o Santo Graal (pode pesquisar). Chama-se Cálice de Urraca. 











Nenhum comentário:

Postar um comentário