Escola - anos depois

Oi pessoal,

Tem já um LONGO tempo desde o meu último post. Mas, após quase 8 anos em Coimbra, há pouco mais o que dizer e que já não tenhamos dito antes. Estava ficando algo repetitivo, por isso o intervalo. Entretanto, havendo o que dizer, cá estamos nós. E agora há.

Escola para os seus filhos.

Isso é sempre um problema, porque muita gente vem pra cá com filhos em diversas idades diferentes e, assim, há opções diferentes também, claro. Nossa Monstrinho já está com quase 10 anos, portanto, temos alguma larga experiência até essa idade e acho que vale a pena dividir.

Idade de creche (isto é, até os 3 anos): DEFINITIVAMENTE, SEM DÚVIDA, a Universo Imaginário segue sendo a melhor e a que indicamos sem tirar e nem por. A Sandra segue maravilhosa, as pessoas que colocaram os seus filhos lá ao longo destes anos seguem nos dando feedback positivo, os que tiveram outros filhos os coloram lá também e, portanto, a nossa recomendação é clara. Problema: fila. O espaço é pequeno e o número de crianças, para manter a qualidade, é pequeno, portanto, se tem pretensão de vir morar em Coimbra e tem filhos nesta faixa etária, entre em contato COM ANTECEDÊNCIA para tentar uma vaga ou corre o risco de ficar de fora. 

Infantário (dos 3 aos 6 anos): aqui podemos sugerir duas boas opções, quais sejam, a Casa da Criança - de preferência no Portugal dos Pequenitos - e a Nova Bola Amarela (sob a velha e boa antiga administração). São dois bons locais e recomendamos. 

Colégio (a partir dos 6 anos até o nono ano): aqui a porca torce o rabo. Nós optamos pela Fundação Bissaya Barreto em Bencanta. E erramos feio! O colégio deixa BASTANTE a desejar no quesito disciplina, havendo problemas de importante indisciplina que se reflete na forma como os alunos tratam-se uns aos outros (há fortes relatos de bullying no tocante a raça e nacionalidade). De resto era um colégio de que gostávamos, pois os espaços são bons, o local é extremamente agradável e a direção era sensível aos apelos e reclamações dos pais. Infelizmente, este não é mais o caso há uns 2 anos. A queda foi acentuada e, decididamente, não recomendamos colocar o seu filho lá. Nós erramos feio em manter a nossa, mas era algo complexo tirar e acabamos optando pelo "fácil", o que quase nos custa caro em termos de  auto-estima para nossa filha. Não caia no mesmo erro. E onde recomendamos, então? Pois é, os locais mais indicados são o João de Deus e o São Teotônio. Nós não colocaríamos em hipótese alguma no Rainha Santa, porque o que já ouvimos é do pior. Ouvimos bem de um colégio em Cernache, mas não temos relatos em primeira pessoa, portanto, não há como recomendar. 

Pode parecer pouco, mas é uma experiência real, portanto, acho válido deixar aqui nosso testemunho. 

Espero que ajude o pessoal a ter ao menos uma ideia de nas mãos de quem deixar os seus filhos.

Abs

Coração

Comentários

Postagens mais visitadas